Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"Libertária" 002 a caminho

por Flávio Gonçalves, em 19.10.19

Related image

Quase me esquecia de fazer um aviso à navegação: já se encontra na gráfica o segundo número da revista Libertária, caso estejam completamente à nora quanto ao que é podem espreitar o primeiro número gratuitamente aqui e dar uma vista de olhos à página oficial, mas resumo já de modo extremamente simples: é uma revista cujo público alvo são os militantes, simpatizantes e eleitores do Partido Socialista. O projecto foi inicialmente registado em 2015, contudo o primeiro número só viu a luz do dia em 2018 e por muito pouco quase chegava só em 2019, uma vez que as permissões para publicar alguns dos textos oriundos do estrangeiro já tinham caducado, o preço a pagar por uma publicação que surge única e exclusivamente graças a trabalho voluntário da paginação até à revisão final, passando pela tradução e colaboração escrita.

Para o terceiro número iremos rever o Estatuto Editorial no que toca à referência ao libertarianismo e ao liberalismo clássico, mais não seja porque não queremos de todo que a nossa humilde publicação de esquerda socialista democrática seja confundida com a loucura desumana e reaccionária dos liberais da direita libertariana cá surgida que já usurpou o termo libertário nos EUA e Brasil, nem com a revista de "esquerda liberal e democrática, com abertura à direita mais liberal e democrática" que o ex-eurodeputado Francisco Assis se prepara para lançar em 2020 e que certamente fará as delícias da ala liberal e de direita do PS.

No terceiro número, algures em 2020, iremos encerrar o ciclo dedicado aos fundadores do SPD, centrando o foco na Sociedade Fabiana e nos pais fundadores do socialismo libertário. Algumas secções tanto do PS como da JS já nos fizeram chegar a sua abertura para que apresentemos a revista nas suas sedes, 2020 será um ano extremamente intenso para as bases socialistas que, depois de tantos anos sem nada doutrinário e ideológico que ler após a extinção da revista Ops! de Manuel Alegre, terão não só a Libertária como a revista ainda sem título de Francisco Assis à escolha, e muitas mais surjam, pois sem acordo firmado à esquerda e com uma direita aguerrida e rejuvenescida na Assembleia da República os próximos anos serão de intenso combate ideológico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

PUB

wook-natal-mrec


O Autor


Colaborador da edição portuguesa do Pravda.ru, tradutor, editor da Libertaria.pt, autarca e político a tempo parcial, socialista a tempo inteiro, membro do Conselho Consultivo do Movimento Internacional Lusófono, activista do Conselho Português para a Paz e Cooperação, açoriano e muitas outras coisas. Escrevo sobre comida, livros, música e outras irrelevâncias culturais no Livros à Mesa. Encontram-me em língua inglesa no Autarkies. Endereço para envios promocionais (livros, revistas, zines, etc.): Flávio Gonçalves, Apartado 6019, EC Bairro Novo, 2701-801 Amadora

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


CC BY 4.0

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

Valem a Pena Ler

Valem a Pena Ouvir

Informação Lusófona

Editoras Discográficas

Editoras Literárias

Gastronomia

Instituições

Poder Local

Amadora

Horta

Plataformas Úteis